Vagas Para (08) Oficiais de Campo (m/f)

PARTILHAR COM AMIGOS:

Instituição: Gapi - Sociedade de Investimentos

ANÚNCIO: FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP [AQUI]

Duração do contrato: 48 meses (com possibilidade de extensão).

1. Enquadramento:

AGROVIDA visa promover sistemas agrícolas sustentáveis para a segurança nutricional e condições facilitadoras (ambiente social, económico, ecológico e político) através de uma mudança sistemática no mercado. No centro do Projecto AgroVida está a promoção da sustentabilidade e da renda para os Pequenos Produtores Agricultores (SSFPs). O objectivo específico é de “contribuir para a inclusão económica, social e financeira em Moçambique, promovendo a inovação, o empreendedorismo e investimentos geradores de emprego”. A Gapi dá prioridade ao investimento no sector agrícola, capacitando economicamente pequenos produtores e grupos marginalizados (SSSPs) com acesso a crédito crucial e competências de formação empresarial, integradas e estreitamente alinhadas com os objectivos da AgroVida.

2. Objectivo:

Melhorar a segurança alimentar e nutricional (SAN) para 24.500 pequenos produtores alimentares (SSFPs), cobrindo uma área de 19.000 hectares em oito distritos de Cabo Delgado.

3. Responsabilidades:

O Oficial de Campo subordina-se e presta contas/relatório em primeira instância ao Coordenador Provincial da Delegação da província de Cabo Delgado. Trabalha em estreita colaboração com o, sob orientação do superior hierárquico acima mencionado. As principais responsabilidades do Técnico de Campo incluem, mas não se limitam a:

  • Realizar a identificação, selecção do grupo alvo do projecto;
  • Fazer o levantamento de informação necessária para os estudos previstos na fase de inception do projecto;
  • Seguir as orientações que serão dadas pela equipa de gestão do projecto;
  • Garantir a recolha consistente dos dados aplicando instrumentos que serão desenhados para o efeito, tendo sempre a preocupação com a qualidade dos dados e informação;
  • Trabalhar em equipa com outros técnicos/staff do projecto AGROVIDA e outros implementados pela Gapi;
  • Realizar actividades de acompanhamento e aconselhamento ao grupo-alvo;
  • Criar um Banco de dados sobre as actividades desenvolvidas e sobre o grupo alvo;
  • Fazer mensalmente relatórios de actividades e financeiros e submetê-los ao superior hierárquico, em modelos previamente acordados.
  • Garantir o bom uso dos meios materiais, equipamentos e financeiros postos a sua disposição pelo projecto, para a realização das tarefas sob a sua responsabilidade.
  • Realizar outras actividades inerentes a função.

4. Perfil

  • Domínio das linguas locais (emacua, chimakonde, kimwani, swahili, ngoni e yao);
  • Experiência na criação de grupos de poupança e empréstimos;
  • Conhecimento do funcionamento de grupos de poupança e empréstimos;
  • Experiencia em coaching e monitoria e avaliação de grupos de poupança e emprestimo após sua criação;
  • Carta de condução de motociclos;
  • Experiência na área de extensão rural;
  • Domínio da informática na optica do utilizador (MS word, excell e power point);
  • Residência em Cabo Delgado constitui vantagem;
  • Encoraja-se a participação de mulheres.

5. Documentos requeridos à candidatura:

  • Curriculum Vitae;
  • No acto da candidatura dever-se- á submeter uma carta de referência; e
  • Anexar Certificado de Habilitações Literárias e, Carta de motivação com expectativa salarial.

 

Notas: As candidaturas devem ser submetidas em formato físico nas Instalações da Gapi-Sociedade de Investimento em Pemba ou na Delegação de Montepuez até 4 de Abril de 2024 às 16h.

  • MONTEPUEZ: Av. Eduardo Mondlane, nº 105 Tel: 27251054
  • PEMBA: Rua CI034 RC nº 42 Tel: 27220781

Apenas candidatos pré-selecionados serão contactados.

Tagged as:

PARTILHAR COM AMIGOS:

CONFIRA VAGAS NAS PROVÍNCIAS:


error:
Rolar para cima