Vagas Para (04) Activistas (m/f)

PARTILHAR COM AMIGOS:

Instituição: ADRA

ANÚNCIO: FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP [AQUI]

A ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) é uma organização não governamental sem fins lucrativos, que trabalha com pessoas em situação de pobreza e aflição visando mudança positiva e justa.
No âmbito do Projecto VIVA+, em parceria com a FDC (Fundação Para o Desenvolvimento da Comunidade), a ADRA está implementar actividades de prevenção de HIV, advocacia, género e direitos humanos viradas para as raparigas.
Nesta senda, para fazer face as actividades, a ADRA pretende recrutar activistas para completar a equipa já existente nos Distritos.

POSIÇÃO: ACTIVISTAS

 

OBJECTIVO DA POSIÇÃO

  • Assegurar a implementação das actividades do Programa VIVA+ na comunidade;
  • Realizar actividades que contribuam para o bem-estar das raparigas nas faixas etárias dos 15-19 anos e 20-24 anos;
  • Contribuir para a promoção da saúde sexual e reprodutiva, prevenção do HIV e ITS, combate as uniões prematuras e gravidez indesejada, a violência baseada no género, oferta de oportunidades para cursos profissionalizantes e poupança e crédito rotativo, bem como na criação da demanda para os serviços de saúde, protecção social e legal;
  • Assegurar o seguimento do sistema de monitoria, recolher e analisar os dados gerados na comunidade;
  • Mobilizar e sensibilizar a comunitária, recolha e tratamento de dados, monitoria, treinamentos, ligação com líderes comunitários e membros da comunidade.

 

PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES

  • Realizar sessões iniciais e de seguimento de comunicação para a adopção de comportamentos saudáveis e para a mudança de comportamentos (SBCC) e de
    sensibilização para a prevenção da infecção pelo HIV;
  • Fazer o rastreio primário de ITS e avaliação de risco e gerir o fluxo de insumos de prevenção (preservativos masculinos e femininos) e sua provisão;
  • Assegurar a referência ao SAAJ, seguimento e garantir o acesso aos serviços existentes – ATS, TARV, TB, ITS e VBG;
  • Mapear os principais assuntos que constituem barreiras para as Raparigas e Mulheres Jovens na comunidade para discussão nos diálogos comunitários e soluções para minimização das mesmas, nomeadamente: acesso aos serviços de saúde, educação, protecção social e legal, identificação de casos de violação de Direitos Humanos e Violência Baseada no Género ou de estigma e discriminação;
  • Assegurar o mapeamento das principais beneficiárias (Raparigas e Mulheres Jovens) das formações profissionalizantes, programas de incubação e assistência técnica na implantação de negócios;
  • Identificar casos de Violência Baseada no Género (GBV) e outras formas de violência entre Raparigas e Mulheres Jovens, fazer o devido encaminhamento ao Paralegal e acompanhar a referência desses casos aos serviços apropriados (saúde, acção social e serviço legal);
  • Garantir o cumprimento integral da metas e resultados definidos no Programa VIVA+;
  • Identificar casos de sucesso para com apoio do Supervisor Distrital produzir histórias de sucesso;
  • Elaborar relatórios periódicos de acordo com os padrões definidos.

REQUISITOS BÁSICOS

  • Ser do Sexo Feminino;
  • Ter idade aproximada aos benificiários (15-24 anos);
  • Ser residente na comunidade onde se realiza a actividade;
  • Ter no mínimo 10a classe;
  • Ser fluente na língua portuguesa (comunicação oral e escrita);
  • Saber falar a (s) língua (s) local (ais) do Distrito ou Província onde estiver inserido;
  • Ter domínio das temáticas de HIV e ITS desde as formas de transmissão, prevenção e tratamento e outras doenças de transmissão sexual;
  • Ter conhecimento sobre assuntos tais como: saúde sexual e reprodutiva, uniões prematuras, gravidez indesejada, violência baseada no género;
  • Ter experiências anteriores em trabalhos similares e/ou com Raparigas e Mulheres Jovens constitui vantagem;
  • Ter sido voluntário ou Activista comunitário em actividades de saúde comunitária pelo menos 1 ano;
  • Ter conhecimento de organização de grupos e de técnicas de facilitação;
  • Ter uma boa ligação com líderes comunitários.

 

Documentação necessária para as candidaturas:

  • Carta de apresentação (mencionar o distrito que se candidata);
  • Fotocopia do BI (não é necessário reconhecer);
  • CV (incluir referencias); e
  • Certificado de Habilitações Literárias.

 

Nota: As candidaturas devem ser entregues fisicamente nos escritórios da ADRA Mocuba (EN1, Bairro Bive), ou SDSMAS (Serviços Distritais de Saúde Mulher e Acção Social) do Distrito onde pretende concorrer.

LOCAL: Distrito de Quelimane, Mopeia Gurué e Mulevala (Zambézia)

Data-limite de entrega: 19 de Janeiro de 2023.

A ADRA não exige valores ou outro tipo de pagamento para a contratação dos seus colaboradores. Denuncie qualquer acto de cobrança pelo contacto: 862912200 (Recursos Humanos).

Em anexo o número total de vagas por Distrito.
Apenas os candidatos seleccionados é que serão contactados. Boa Sorte!

Tagged as:

PARTILHAR COM AMIGOS:

CONFIRA VAGAS NAS PROVÍNCIAS:


error:
Rolar para cima