Vagas Para (02) Técnicos de Apoio Rural (m/f)

PARTILHAR COM AMIGOS:

Instituição: Nitidae

ANÚNCIO: FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP [AQUI]

A Nitidae é uma organização de orígem francesa e o seu objetivo é de desenvolver projetos que associam a preservação do meio ambiente e reforça as economias locais. Com uma equipe de 200 colaboradores (economistas, agrônomos, silvicultores, especialistas dos processos energéticos e projecto carbono, planificação territorial, GIS), a Nitidæ implementa mais de 50 projetos em Senegal, Madagascar, Burkina Faso, Costa do Marfim e Moçambique. Nitidae também fornece serviços de consultorias técnicas às empresas de agronegócios e cosméticos para melhorar o desempenho das cadeias de valor agrícolas, mitigar os impactos ambientais (preservação dos recursos naturais, eficiência energética dos processos de processamento, atividades de compensação de carbono) e sociais e estimular o desenvolvimento econômico local em conexão com as organizações de produtores.

Nitidae é membro da UEBT (Union for Ethical Bio Trade), Conferências das Partes sobre o Clima e muitas iniciativas para a sustentabilidade dos setores (caju, cacau…). A Nitidae trabalha desde 2013 em Moçambique e implementa vários projectos, em particular nas províncias de Zambézia, de Nampula e Niassa em parceria com as autoridades descentralizadas bem como ao nível central com o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural ou o Ministério da Terra e Ambiente.

O Projecto ACAMOZ II O Instituto de Amêndoas de Moçambique (IAM,IP) responsável pela gestão do sector das amêndoas possui um novo financiamento da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para a implementação de uma segunda fase do projecto ACAMOZ para apoiar o sector do caju e da Macadâmia em Moçambique. Nitidae continua ser o parceiro de implementação desse projecto e tem como objetivo de fortalecer o sector para:

  • Apoiar a estruturação de grupos de produtores de castanha de caju ao redor do Parque Nacional do Gilé (PNAG) na Zambézia para o desenvolvimento de uma produção sustentável de caju de qualidade a fim de melhorar as rendas dos produtores, reduzir o desmatamento e preservar a biodiversidade do PNAG;
  • Experimentar o fomento da Macadâmia com pequenos productores em parceria com o sector privado nas Províncias de Zambézia (Gurué) e Niassa;
  • Fortalecer as capacidades do IAM,IP responsável pela gestão do sector das amêndoas;
  • Animar o diálogo entre actores (IAM,IP, sector privado, produtores, ONGs) das cadeias de valor do caju e da Macadâmia.

Para o efeito, Nitidae está à procura de dois (2) Técnico(a)s de Apoio Rural

 

Tarefas da posição

Sob a supervisão das Gestoras adjuntas do Projecto ACAMOZ da Componente I e Componente II, respectivamente em Gilé e Gurué, o(a) Técnico(a) de Apoio Rural, será responsável por:

  • Ser elo de ligação entre a comunidade e o projecto, assegurando a implementação de actividades da posição, Desenvolver grupos e associações: proceder ao levantamento de dados comunitários, seleção de produtores, treinamento em boa governança e dinâmica para comércio justo, capacitação financeira dos produtores;
  • Lidar com produção e comercialização: incentivo às boas práticas agrícolas, melhoria de produção e armazenamento, apoio na implementação de práticas agro-ecológicas adaptadas, promover a pática de culturas de rendimento, incentivar a multiplicação de culturas e treinar aos produtores sobre maneio integrado;
  • Divulgação de informações de mercado de modo perceptível aos produtores e apoio na definição de estratégias de venda conjunta;
  • Monitoria de actividades: seguimento técnico e económico das actividades, apoio aos estudos e restituição de resultados, preparação de relatórios técnicos mensais e submissão de resultados.

 

Perfil do candidato

  • Motivação para as missões e objetivos da Nitidae,
  • Educação: Nível Médio em Agronomia ou Agropecuária.
  • Experiência: pelo menos 2 anos de experiência profissional no sector agrícola. –
  • Idiomas: português, o conhecimento de Lomwé, constitui uma vantagem.

 

Qualidades pessoais necessárias:

  • Boa comunicação verbal e escrita em Português e Inglês;
  • Saber usar equipamentos electrónicos (tablets, GPS, etc);
  • Integridade e rigor na elaboração de relatórios técnicos;
  • Ser organizado(a) e pró-activo(a);
  • Boa capacidade de relacionamento interpessoal.

 

Condições:

  • Contrato a prazo determinado renovável
  • Início desejado: logo que possível
  • Remuneração: de acordo com o perfil e experiência;
  • Lugar de trabalho: (i)1 baseado(a) no Distrito de Gurué com potenciais missões à Província de Niassa e (ii)outro(a) baseado(a)no Distrito de Gilé – Província da Zambézia, com afectação arredores do Parque Nacional de Gilé ou Distrito de Pebane.

Para candidatar: Carta de apresentação e CV até ao dia 09 de Fevereiro de 2024 por e-mail para: rh.mocambique@nitidae.org com a referência: Projecto ACAMOZ II / Técnico(a) de Apoio RuralGilé ou Projecto ACAMOZ II / Técnico(a) de Apoio Rural-Gurué, conforme o local de preferência. 

A Nitidae reserva-se ao direito de dar este processo por encerrado se identificar candidato(a) ideal para ocupar a posição desejada, igualmente informa que sem uma resposta de nossa parte dentro de 2 semanas após o término do prazo de candidatura, poderá considerar sua inscrição malsucedida.

Tagged as:

PARTILHAR COM AMIGOS:

CONFIRA VAGAS NAS PROVÍNCIAS:


error:
Rolar para cima